quinta-feira, 4 de agosto de 2011

MAL ENTENDIDO

video

A saída de Nelson Jobim do governo era questão de tempo. Os fatos recentes, que foram comentados, algum tempo atrás, com profissionais da revista Piauí anteciparam a demissão do Ministro. Vendo o video, que mostra o teor da entrevista, verifica-se que a serie de provocações, que parecia proposital, não aconteceu da forma como a mídia fez a população acreditar.

Serie de expressões de Nelson Jobim que contrariou Dilma:

“Uma coisa é o direito de memória, outra é revanchismo e, para revanchismo, não contem comigo”.

“Quero que o futuro se aproxime do presente. Às vezes, gastamos uma energia Brutal refazendo o passado. Existem países sul-americanos que estão ainda fazendo o passado, não estão construindo o futuro. Eu prefiro gastar minha energia construindo o futuro”.

Em junho de 2009, quando questionado sobre a punição de militares envolvidos com a ditadura militar.

“Nunca o Presidente (FHC) levantou a voz para ninguém”.

“Nelson Rodrigues dizia que no seu tempo os idiotas chegavam devagar e ficavam quietos. O que se percebe hoje, é que os idiotas perderam a modéstia. Nós temos de ter tolerância e compreensão também com os idiotas, que são exatamente aqueles que escrevem para o esquecimento”.

Em 30 de junho durante a homenagem aos 80 anos de Fernando Henrique Cardoso

“Ideli é muito fraquinha e Gleisi nem sequer conhece Brasília”
Em julho para revista Piauí, publicado em 04.08

“Eu votei no Serra”

“Serra agiria como Dilma nos Escândalos”.

“Ressentimento é coisa de político amador”.
Dia 26.07 em entrevista com Fernando Rodrigues da Folha.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário